Atrativos 07/11/2019 - 11:26 - Seleucia Fontes / Governo do Tocantins

Lizarda será ponto de ligação da rota integrada entre Jalapão e Chapada das Mesas

Missão técnica saiu do Maranhão em direção ao Tocantins Missão técnica saiu do Maranhão em direção ao Tocantins - Sebrae/Divulgação
Visitantes aprovaram os atrativos do Jalapão, entre eles os fervedouros Visitantes aprovaram os atrativos do Jalapão, entre eles os fervedouros - Sebrae/Divulgação
Lizarda foi diagnosticada como importante ponto de parada Lizarda foi diagnosticada como importante ponto de parada - Adetuc/Governo do Tocantins

Município inserido no Roteiro Turístico Encantos do Jalapão, Lizarda, a 282 km de Palmas é a porta de acesso para os maranhenses à região e poderá assumir papel importante no projeto de integração das rotas turísticas Chapada das Mesas-Jalapão.

Missão técnica visando a viabilidade desta nova rota foi realizada entre os dias 2 e 5 de novembro, com representantes dos governos estaduais, Sebrae dos dois estados, prefeitos, além de empresários do trade turístico. A saída ocorreu em Balsas, com destino a São Félix, Mateiros e Ponte Alta, que conquistaram os vizinhos maranhenses com seus fervedouros e cachoeiras. Uma nova missão, dessa vez partindo do Tocantins rumo ao estado vizinho, está prevista para o mês de dezembro, tendo como foco os atrativos da Chapada das Mesas.

A Agência Estadual de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) foi representada na missão pela Gerência de Produtos Turísticos, e a proposta do roteiro visa turistas dispostos a um maior tempo de permanência na região, entre seis e oito dias, tendo os aeroportos de Palmas e Imperatriz (MA), seriam as portas de entrada e saída.

São 690 km separando os dois destinos, com uma grande variedade de atrativos naturais que anualmente recebem milhares de visitantes, separadamente.

O processo de levantamento de necessidades estruturais e roteirização já está em andamento, e contará com investimentos do Sebrae e dos governos estaduais.

Lizarda

Conhecido pela tradição da Festa dos Caretas, realizada durante a Semana Santa, o município conta com cerca de 4 mil habitantes e registra o início do povoamento a partir de 1824, com a chegada da família de José Benedito da Silva, originária do Piauí. O nome do município, que deixou de ser distrito de Pedro Afonso em 1953, é uma homenagem à sua única filha mulher, Lizarda Maria.

Durante a missão, Lizarda foi identificada como importante ponto de parada, onde a equipe foi recebida para almoço em restaurante local. A missão do Estado será apoiar a Prefeitura na identificação dos atrativos naturais da região – o mapeamento que está em curso, pela gestão local, já aponta a existência de quatro fervedouros – e realizar o inventário turístico para preparar o município para uma maior permanência dos turistas na localidade, com capacitações e melhorias estruturais. A meta será deixar Lizarda competitiva diante em um roteiro com alto grau de atratividade.