Gestão 12/03/2019 - 15:38 - Wladimir Machado/Governo do Tocantins

Fórum Permanente do Turismo retoma atividades com apresentação de balanço das ações da Adetuc

Primeira reunião do ano do Foestur contou com a presença dos gestores da Adetuc e SICS Primeira reunião do ano do Foestur contou com a presença dos gestores da Adetuc e SICS - Ascom/Adetuc

Ocorreu na manhã desta terça-feira, 12, na sede da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), a 74ª Reunião Ordinária Fórum Permanente do Turismo (Foestur). Na abertura dos trabalhos, o presidente da Adetuc e presidente do Foestur, Tom Lyra, apresentou toda a sua equipe de trabalho, o balanço das ações desenvolvidas nos dois primeiros meses de 2019, e as projeções para o ano.

A reunião também contou com a participação do secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Ridoval Darci Chiareloto, que, na ocasião, parabenizou o presidente da Adetuc pela sua atuação no comando da Agência. “Vejo o empenho de todos da Adetuc e membros do Fórum, pois, com a união de forças e a vontade de fazer as coisas acontecerem com credibilidade, contribuem para atrair mais investimentos para o Turismo e promover o desenvolvimento econômico do Estado”, enfatizou.

Durante o encontro com os membros do Fórum, foram discutidos o planejamento para 2019, a revisão da Política Estadual do Turismo e as eleições para um mandato de dois anos do colegiado, que deve acontecer no mês de abril deste ano, dentre outros assuntos.

De acordo o presidente da Adetuc, as normativas apresentadas pelo Fórum mostram uma visão quantitativa que representa o turismo e quais as ideias importantes para serem trabalhadas e transformadas em ações positivas para o setor de turismo do Estado.

“Esse encontro com os membros do Fórum é um marco importante desse início do governo Mauro Carlese, o qual está muito empenhado em fomentar o turismo e gerar emprego por meio desse setor. O Fórum consolida aquilo que estamos fazendo que é um trabalho de reestruturação de dados, reconhecimento de áreas e de participação popular e, como o Fórum representa a sociedade dentro da estrutura de turismo, o resultado disso será muito positivo”, conclui Tom Lyra.