Gestão 02/10/2020 - 08:13 - Nayna Peres/Governo do Estado

Empresários do setor de eventos buscam apoio do Governo para a retomada das atividades

Plano de retomada do ramo recebe apoio do Governo Plano de retomada do ramo recebe apoio do Governo - Ascom/Adetuc
Representantes do setor de eventos apresentam plano de retomada Representantes do setor de eventos apresentam plano de retomada - Ascom/Adetuc

Na tarde desta quinta, 01, profissionais representantes do setor participaram de uma reunião na Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), com objetivo de apresentar o plano de ação para a retomada dos eventos, propondo medidas sanitárias para o restabelecimento das atividades do setor. 

Na ocasião os representantes foram recebidos pela vice-presidente executiva da Adetuc, Mounira Hawat, que representou o presidente da agência, Tom Lyra, e equipe técnica. Além de representantes da Adetuc, também estiveram presentes os deputados estaduais, Cláudia Lélis, Luana Ribeiro e Ricardo Ayres, que afirmaram como pertinente a solicitação dos representantes.

Os empresários do setor externaram os anseios da classe e apresentaram um plano de retomada com as propostas da categoria,  pleiteando o retorno das atividades do setor de eventos. 

Mediante  a apresentação dos empresários,  a vice-presidente da Adetuc, Mounira Hawat, solicitou a formalização do pleito por parte dos representantes do setor, para que seja aposentada,  pelo presidente Tom Lyra, ao Governador Mauro Carlesse, reconhecendo que esse é um dos ramos de atividades que mais tem sofrido os impactos das restrições que a pandemia causou. 

Segundo a vice-presidente,  "o Governo do Estado, por meio da Adetuc, entende a situação de todos os empresários, em especial, aos que pertencem aos eventos - um dos poucos setores que ainda não pode retomar as atividades -  acreditando que dialogando sobre o assunto logo encontraremos um caminho pelo qual seguir assim como o Governador Mauro Carlesse já apontou em outros setores como o do turismo”, concluiu.