Atrativos 11/02/2020 - 17:04 - Fábia Lázaro/Governo do Estado

Organizadores do Tocantins Kayak Fishing pedem apoio do Governo do Estado para a realização da segunda edição do evento

Organizador do evento apresenta régua de medição de peixe utilizada no evento ao secretário Organizador do evento apresenta régua de medição de peixe utilizada no evento ao secretário - Flávio Cavalera
Secretário trata de apoio ao evento com os organizadores Secretário trata de apoio ao evento com os organizadores - Flávio Cavalera

O secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa, (Adetuc), recebeu nesta segunda-feira, 10, os organizadores do Tocantins Kayak Fishing, que vieram pedir apoio do Governo do Estado para a realização da segunda edição prevista para ser realizada no dia 24 de maio. O evento reúne os praticantes do esporte a remo, em especial, os caiaqueiros praticantes ou não da pesca.

Segundo o idealizador, Dirceu Nunes, o Border, o Tocantins Kayak Fishing, além de promover lazer, integração e confraternização, tem também como proposta divulgar o potencial turístico do Lago de Palmas. Border também pediu ao secretário apoio para a criação de um espaço nas margens do Lago de Palmas para a prática do esporte aquático sem motor.

Este é o único evento de pesca esportiva realizado na Capital que, e em sua última edição, realizada em março do ano passado, reuniu em torno de 100 inscritos, incluindo participantes de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Goiás e Pará. “Temos um potencial muito grande para a prática do esporte a remo, por isso queremos declarar o Tocantins o estado do caiaque”, sugeriu Border.

O secretário Tom Lyra reiterou a preocupação do governador Mauro Carlesse em apoiar o segmento da pesca esportiva como fomento ao turismo, aproveitando os rios que banham os munícipios. O secretário pediu ainda que o projeto do espaço para abrigar os praticantes do esporte aquático fosse apresentando para ser levado ao governador Mauro Carlesse.

  “A pesca esportiva é, sem dúvida, um segmento do turismo que atrai pessoas do mundo inteiro interessadas em praticar essa atividade de forma sustentável. Isto ajuda a gerar renda e emprego para a nossa população”, afirmou.