Projetos 05/02/2020 - 17:59 - Seleucia Fontes / Governo do Tocantins

Fortalecimento do associativismo é tema de oficina levada às comunidades quilombolas do Jalapão

No Prata, a oficina foi ministrada na sede da associação de moradores No Prata, a oficina foi ministrada na sede da associação de moradores - Adetuc/Governo do Tocantins
Comunidade de Barra do Aroeira também recebeu a ação desta semana Comunidade de Barra do Aroeira também recebeu a ação desta semana - Adetuc/Governo do Tocantins

Em continuidade ao projeto de consultoria para o Desenvolvimento do Turismo de Base Comunitária, as comunidades tradicionais quilombolas do Prata (São Felix do Tocantins), Mumbuca e Boa Esperança (Mateiros) e Barra do Aroeira (Santa Tereza do Tocantins) recebem até o próximo domingo, 9, oficina voltada ao fortalecimento do associativismo e parcerias comerciais.

Esta ação está inserida no Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS), para a região do Jalapão, com recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). As ações são divididas em três etapas: levantamento de necessidades/elaboração de projetos, capacitações e promoção.

A meta do Governo do Estado, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), é fomentar nessas comunidades essa vertente de atração de visitantes, visando a qualidade e operações de negócios e empreendimentos

De acordo com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e responsável pela Adetuc, Tom Lyra, o fortalecimento das comunidades tradicionais é fundamental para o governador Mauro Carlesse. “Além de melhorias na infraestrutura temos que capacitar essas comunidades para receber turistas com qualidade, sem que percam sua natural receptividade”, explica.

Vale lembrar que as comunidades de Mumbuca e Prata já foram beneficiadas com a elaboração do planejamento estratégico do turismo de base comunitária, pelo próprio PDRIS, em 2014, e já recebem visitação constante.